× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Calo ou Falo
Este corte,/ A boca, /Meu melhor açoite;/Sangra palavras!
Textos
INTENÇÃO

A quem embeleza meus dias, sou grato
Em face da amargura, eu serei paciente.
Nossas vidas são tesouros das quais o ouro é contado
E o tempo passa
Eu vou colher a minha.

Se nossos dias fossem terminar
Eu os plantaria e os irrigaria.
Para o amado, do meu barro, eu vou construir um palácio,
E nas brasas com ele vou viver minha paixão.

Eu me tornarei um oásis para saciar seu desejo,
Haverá árvores primaveris e um belo jardim de rosas,
Eu vou dançar com ele, como o sol, como a lua
E ao amanhecer direi a ele: "É você o meu amado".

De cabeça erguida eu assumo o que sou,
Eu quero ser digna e longe de todo o mal
Eu cultivo o amor, que é o meu lema
Meu coração é o motivo
Pelo qual das minhas veias derrama paixão.

E enquanto eu tiver coragem de encarar o destino
Para ninguém eu serei um fardo;
Se eu for para o outro mundo
Tornar-me-ei uma boa lembrança
Graças a Deus, da minha vida terei minha parte.

Tradução do francês usando Google Translator, do que é árabe.
https://youtu.be/Qx3WZ985a5Y
OUM



A qui embellit mes jours, je suis reconnaissante
Face à l'amertume, je serai patiente
Nos vies sont trésors dont l'or est compté.
Et, le temps passe,
Je m'en vais récolter le mien.

Si nos jours venaient à ternir,
Je les planterais, et les irriguerais.
Pour l'Aimé, en mon argile, je bâtirai un palais,
Et sur la braise avec lui, j'irai vivre ma passion.

Je deviendrais oasis pour étancher son désir
Il y trouvera des arbres du printemps et une belle roseraie
Je danserai avec lui, comme le soleil avec la lune
Et à l'aurore, je lui dirai: "C'est bien toi mon aimé"

La tête haute, j'assume ce que je suis.
Je me veux digne, et loin de tout mal
Je cultive l'amour, qui est bien ma devise
Mon coeur est ma raison,
Qui dans mes veines, verse la passion.

Et pourvu que j'aie le cran d'affronter le destin;
Que pour personne, je ne sois un fardeau;
Passer dans l'autre monde,
Devenir un joli souvenir.
Dieu merci, de la vie, j'aurai eu ma part.
OUM
Enviado por Luís Carlos Oliveira Aseokaynha em 26/03/2018
Alterado em 26/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários