× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Calo ou Falo
Este corte,/ A boca, /Meu melhor açoite;/Sangra palavras!
Textos
CERTIDÃO


Adquiri a patente das letras que escrevo
Quando nasci,
Fôrma de lei,
Fórma da lei,
Forno de barro,
Biscoitos de Dona Olinda.
Romanos novos de um novo tempo,
Ou Batista Cândida;
No Beco da Fonte Grande.

Um M na mão,
Manuscrita!
Um A na alma,
Almiscrita!

Do beco, do distrito, da comarca, do estado,
Da república dos estados unidos do brasil
A certidão;
Escrivão de paz,
Página dezessete e verso.
Maternos, paternos, eternos avós.
Sem selos, primeira via.
Carta de Alegria!

Um M na mão,
Manuscrita!
Um A na alma,
Almiscrita!

- Adquiri a patente das letras que escrevo na fonte!
Umbilical vertente!
Fio d'àgua que tece o mar!
Luís Carlos Oliveira Aseokaynha
Enviado por Luís Carlos Oliveira Aseokaynha em 21/03/2018
Alterado em 22/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários