Calo ou Falo
Este corte,/ A boca, /Meu melhor açoite;/Sangra palavras!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

ORAÇÃO DO CORRUPTO CHICO
Grão-mestre,
Fazei com que eu ganhe mais
Onde houver obra , que eu leve a licitação
Onde houver a propina, que eu leve um milhão
Onde houver contrato, que eu leve um pedaço
Onde houver renda, que eu leve a merenda,
Onde houver foro que eu seja privilegiado,
Onde houver verbas, que eu leve as azuis.

Grão-mestre,
Fazei com que eu possa mais
Extorquir que ser extorquido,
Subornar que ser subornado,
Lavar alguns trocados.

Pois
É recebendo que se enriquece
É livrando-me das malas
Que o povo esquece.
É delatando que se é premiado
E é roubando que se vive
A passar a perna.

Amém!
Luís Carlos Oliveira Aseokaynha
Enviado por Luís Carlos Oliveira Aseokaynha em 09/04/2018
Alterado em 11/04/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários