Calo ou Falo
Este corte,/ A boca, /Meu melhor açoite;/Sangra palavras!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

MARIA-MOLE, JACA MOLE, GUACAMOLE
Lá em casa, no quintal de nós,
Havia um abacateiro.
Minto com um pressuposto de que o "um" eram dois,
Logo, haviam.

Já jaca. conheci bem depois da adolescência.
Uma fruta extra-terrestre!
Imensos frutos, como pendem?!
Como podem!?

Maria-mole já era mais do conhecimento dos dentes.
Maria mãe de todos,
Açúcar de trincar!
Dentes deleite!

Maria-mole, jaca-mole, guacamole!
Maria-mole, jaca-mole, guacamole!
Maria-mole, jaca-mole, guacamole!

Luís Carlos Oliveira Aseokaynha
Enviado por Luís Carlos Oliveira Aseokaynha em 29/01/2018
Alterado em 30/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários