Calo ou Falo
Este corte,/ A boca, /Meu melhor açoite;/Sangra palavras!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

BANHO
Tirei meu relógio de prata,
A aliança de ouro,
Pulseira de couro,
Meus óculos,
Não fiz a barba.
Liguei a água.
Fechei o vento,
Aqueci o filamento.
Ensaboei a pele,
O pelo eriçou.
Revolveu por dentro,
Eruptiu nos olhos;
Não era a espuma,
Lágrima de um sentimento.
Luís Carlos Oliveira Aseokaynha
Enviado por Luís Carlos Oliveira Aseokaynha em 14/12/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários