Calo ou Falo
Este corte,/ A boca, /Meu melhor açoite;/Sangra palavras!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos
Título Categoria Data Leituras
EX-VOTO Poesias > Social 04/09/16 20
CARDÁPIO Poesias > Cubista 12/08/16 17
TENHO DITO Poesias > Minimalistas 09/08/16 3
DISCURSO DE SÃO PAULO Poesias > Cristãs 08/08/16 3
JOÃO Poesias > Minimalistas 04/08/16 14
CONTRA-POEMA Poesias > Metapoemas 02/08/16 5
URBI ET ORBI Poesias > Transcendentais 31/07/16 3
CINZEL Poesias > Transcendentais 31/07/16 11
REVISÃO DO TEMPO Poesias > Minimalistas 23/07/16 10
TREZE DE MAIO Poesias > Social 14/07/16 4
INCENSO Poesias > Desamor 09/07/16 6
SE Poesias > Amor 03/07/16 10
CARTAS DA CHINA Poesias > Transcendentais 09/06/16 14
BICAVAL Poesias > Surrealistas 12/05/16 6
O FENÔMENO DA CAPILARIDADE Poesias > Social 11/05/16 8
ESCRITO NA POEIRA Poesias > Social 04/05/16 7
PESSOA Poesias > Transcendentais 03/05/16 10
ONDA Poesias > Social 01/05/16 8
PÁGINA EM BRANCO Poesias > Surrealistas 29/04/16 7
REAÇÃO GRAVITACIONAL Poesias > Amor 23/04/16 8
Página 4 de 36 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]